Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Barbie

 

A Barbie faz hoje 50 aninhos. Parabéns!

 

http://barbie.everythinggirl.com/index.aspx

 

Publicado por gorety às 22:18

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Granizo no Pico do Areeiro

A minha colega Graça enviou-me um email com fotos do granizo que caiu no Pico do Areeiro.

Eu não tirei nenhuma foto porque a polícia não deixou passar (e fez muito bem a estrada estava intransitável). Segurança em primeiro lugar!

Conclusão: Apanhei frio, fiquei doente, não bebi poncha e não vi "NEVE" nenhuma!

Não sei quem tirou as fotos mas está de parabéns!

 

Data: 1/11/2008
Publicado por gorety às 19:10

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Frei João Sem Cuidados

O rei ouvia sempre falar em Frei João Sem Cuidados como um homem que não se afligia com coisa nenhuma deste mundo.
- Deixa estar, que eu é que te hei-de meter em trabalhos!
Mandou-o chamar à sua presença e disse-lhe:
- Vou dar-te uma adivinha e, se dentro de três dias não me souberes responder, mando-te matar. Quero que me digas quanto pesa a Lua, quanta água tem o mar, e o que é que eu penso?
Frei João Sem Cuidados saiu do palácio bastante atrapalhado, pensando na resposta que havia de dar àquelas perguntas. O seu moleiro encontrou-o no caminho e lá estranhou de ver Frei João Sem Cuidados de cabeça baixa e macambúzio.
- Olá, senhor Frei João Sem Cuidados, então que é isso que o vejo tão triste?
- É que o rei disse-me que me mandava matar se dentro de três dias eu não lhe respondesse a estas perguntas: Quanto pesa a Lua? Quanta água tem o mar? O que ele pensa?
O moleiro pôs-se a rir e disse-lhe que não tivesse cuidados, que lhe emprestasse o hábito de frade, que ele iria disfarçado e havia de dar boas respostas ao rei.
Passados os três dias o moleiro, vestido de frade, foi pedir audiência ao rei. O rei perguntou-lhe:
- Então quanto pesa a Lua?
- Saberá Vossa Majestade que não pode pesar mais do que um arrátel, porque todos dizem que ela tem quatro quartos.
- É verdade... E agora: quanta água tem o mar?
Respondeu o moleiro:
- Isso é muito fácil de saber. Mas como Vossa Majestade só quis saber da água do mar, é preciso primeiro que mande tapar todos os rios, porque sem isso nada feito.
O rei achou bem respondido. Mas zangado por ver que Frei João Sem Cuidados se escapava das dificuldades, tornou:
- Agora, se não souberes o que penso, mando-te matar!
O moleiro respondeu:
- Ora Vossa Majestade pensa que está a falar com o Frei João Sem Cuidados, e está mas é a falar com o seu moleiro!
Deixou cair o hábito de frade, e o rei ficou pasmado com a sua esperteza. 

Lenda Popular

Publicado por gorety às 09:44

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Viriato

Foi um dos principais chefes dos Lusitanos que resistiu à ocupação Romana da Península Ibérica.
Foi assassinado em 139 a C. por um lusitano pago pelos romanos.

Os Lusitanos, que não tinham inicialmente um bom chefe, apareceram aos Romanos como presa fácil na guerra; mas, mais tarde, quando Viriato se tornou o seu chefe, infligiram grandes derrotas aos Romanos. Viriato era pastor desde pequeno, vivendo na montanha. Habituado a comer pouco, a fazer exercícios, a dormir apenas o necessário, não se separando das suas armas e lutando contra animais e malfeitores, ele tornou-se famoso e foi escolhido como chefe dos Lusitanos. Ao vencer os seus combates, foi admirado pelo seu valor e tornou-se famoso como chefe militar.


Viriato e outros Lusitanos.

Funeral de viriato:

"O cadáver, magnificamente vestido, foi queimado numa pira, onde sacrificaram numerosas vítimas, enquanto os soldados corriam em volta, formados, empunhando armas e cantando, à maneira bárbara, as suas glórias em honra do herói. Por fim, duzentos pares de guerreiros efectuaram simulacros de combates e não abandonaram o local enquanto o fogo se não extinguiu por completo.

Pintura: "A morte de Viriato", por José de Madrazo

Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Milagre das Rosas

D. Isabel, mulher do Rei D. Dinis, era tão boa e amiga dos pobres que ainda em vida lhe atribuíam milagres.

Mais tarde, o Papa veio a canonizá-la, ou seja, a reconhecê-la como Santa.

Numa manhã fria de Inverno a Rainha saiu do palácio levando pães nas pregas do manto para distribuir. O Rei encontrou-a e perguntou-lhe o que levava tão bem escondido. Ela ficou embaraçadíssima, porque não gostava de divulgar as suas boas acções e respondeu-lhe:

- São rosas, Senhor!

O Rei estranhou.

- Rosas em Janeiro?

Muito corada de olhos baixos, Santa Isabel abriu o manto... e o pão transformara-se em rosas!

Publicado por gorety às 16:39

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Lenda do São Martinho

    

      Num dia tempestuoso, ia São Martinho, valoroso soldado, montado no seu cavalo, quando viu um mendigo quase nu, tremendo de frio, que lhe estendia a mão suplicante e gelada.
     S. Martinho não hesitou: parou o cavalo, poisou a sua mão carinhosamente na do pobre e, em seguida, com a espada, cortou ao meio a sua capa de militar, dando metade ao mendigo.
     Apesar de mal agasalhado e de chover torrencialmente, preparava-se para continuar o seu caminho, cheio de felicidade, quando, subitamente, a tempestade se desfez, o céu ficou límpido e um sol de Estio inundou a terra de luz e calor.
     Diz-se que Deus, para que não se apagasse da memória dos homens o acto de bondade praticado pelo Santo, todos os anos, nessa mesma época, cessa por alguns dias o tempo frio e o céu e a terra sorriem com a bênção dum sol quente e miraculoso.

Publicado por gorety às 16:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

D. AFONSO HENRIQUES

Para ajudar D. Afonso VI , rei de Castela, a combater os Mouros vieram de França cavaleiros, entre eles D. Henrique que combateu com toda a sua coragem e valentia e como recompensa casou-se com D. Teresa filha do rei de Castela e recebeu o Condado Portucalense.
Deste casamento nasceu D. Afonso Henriques que viria a ser o primeiro rei de Portugal.
Quando D. Henrique faleceu D. Afonso Henriques tinha só três anos, mas aos 14 fez-se cavaleiro na catedral de Zamora.
Como o Condado Portucalense estava dependente de Castela, D. Afonso Henriques lutou contra Castela, para o Condado Portucalense ficar independente o que viria a acontecer na Conferência de Zamora, em 1143.
D. Afonso Henriques nesta altura, chega a primeiro rei de Portugal.
D. Afonso Henriques atacou os mouros para alargar o reino e ficou a fronteira sul no rio Tejo.

D. Afonso Henriques, 1º rei de Portugal

Fonte:http://educom3.sce.fct.unl.pt/~p-letr/pesqperso.htm# D.%20Afonso%20Henriques

Publicado por gorety às 20:58

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Lusitanos

 

Um pouco antes de os romanos chegarem à Península Ibérica, chegou um conjunto de povos de origem celta vindo da Europa Central, ocupando o território entre os rios Douro e Tejo.

Pensa-se que os lusitanos terão sido uma mistura de povos de várias origens e foram o povo que mais lutou contra a invasão das tropas romanas.

Contam-se histórias de duros combates entre os romanos e os lusitanos entre os anos de 193 e 45 a.C.

Enquanto os romanos tinham o hábito de fazer grandes batalhas, os lusitanos organizavam-se de outra forma, atacando quando os inimigos menos esperavam, numa técnica parecida com a actual guerrilha: surtidas e ataques surpresa.

Usavam armas ofensivas (punhais, espadas dardos e lanças) e defensivas (pequenos escudos redondos, apresentando uma concavidade central, de modo a interceptarem as setas).

O corpo era protegido de forma rudimentar, com uma couraça de linho espesso, e usavam capacetes metálicos ou de couro, como os povos do centro da Europa.

 

Antes da chegada dos romanos, a cultura lusitana incluía uma arquitectura de pedra, com grupos de habitações em forma de círculo, com muros a constituírem castros (ou citânias).

 

Normalmente localizavam as suas aldeias em zonas de difícil acesso e defendidas por muralhas.

 

Praticavam uma agricultura rudimentar, completada com caça, pesca e pastorícia. Mesmo assim, sabias que ainda exerciam algum comércio?

 

Fazia parte dos seus hábitos a prática de uma religião panteísta, marcada por divindades ligadas à terra ou à fecundidade.

 

Em relação à arte (particularmente em objectos utilitários ou de adorno), é de salientar a ourivesaria. Eram muito desenvolvidos nesta área devido à riqueza em ouro das regiões que ocupavam.

   Guerreiro Lusitano

Fonte: Site Júnior

Publicado por gorety às 11:53

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

A LENDA DO ARCO-ÍRIS

Ontem e hoje estava um arco-íris no céu!

Foto retirada da varanda da minha casa.

A LENDA DO ARCO-ÍRIS

O João era pobre. O pai tinha morrido e era muito difícil a mãe manter a casa e sustentar os filhos.
Um dia ela pediu-lhe que fosse pescar alguns peixes para o jantar.
O João reparou numa coisa a mexer-se no meio do arvoredo. Aproximou-se sorrateiro, abaixou-se, afastou as folhas devagarinho e...Viu um pequeno homem sentado num minúsculo banco de madeira. Costurava um colete verde com um ar compenetrado enquanto cantarolava uma musiquinha.
À frente do João estava um anão. Rapidamente esticou o braço e prendeu o homenzinho entre os dedos.
- Boa tarde, meu senhor.
Como estás, João? - Respondeu o homenzinho com um sorriso malicioso.
Mas o anão tinha montes de truques para se libertar dos humanos. Inventava pessoas e animais a aproximarem-se, para que desviassem o olhar e ele pudesse escapar.
- Diz-me lá, onde fica o tesouro do arco-íris?
Mas o anão gritou para o João que vinha lá um touro bravo a correr bem na sua direcção. Ele assustou-se, abriu a mão e o anão desapareceu.
O João sentiu uma grande tristeza, pois quase tinha ficado rico.
E, com estas andanças, voltou para casa de mãos a abanar, sem ter pescado peixe nenhum. Mal chegou contou à mãe o sucedido. Esta, que já conhecia a manha dos anões, ensinou-o:
-Se alguma vez o encontrares, diz-lhe que traga o tesouro imediatamente.
Passaram-se meses.
Até que um dia, ao voltar para casa, sentiu os olhos ofuscados com um brilho intenso. O anão estava sentado no mesmo pequeno banco de madeira, só que desta vez consertava um dos seus sapatos.
- Cuidado! Vem lá o gavião! - Gritou o anão, fazendo uma cara de medo.
- Não me tentes enganar! - Disse o João. - Traz já o pote de ouro!
- Traz já o pote de ouro ou eu nunca mais te solto.
- Está bem! - Concordou o anão. - Desta vez ganhaste!
O pequeno homem fez um gesto com a mão e imediatamente um belíssimo arco-íris iluminou o céu, saindo do meio de duas montanhas e terminando bem aos pés do João.
As 7 cores eram tão intensas que até esconderam o pequeno pote de barro, cheio de ouro e pedras preciosas, que estava à sua frente.
O anão baixou-se, com o chapéu fez-lhe um aceno de despedida, e gritou, pouco antes de desaparecer para sempre:
- Adeus, João! És um menino esperto! Terás sorte e serás feliz para sempre!
E foi o que aconteceu. O pote de ouro nunca se esgotou e o João e a sua família tiveram uma vida de muita fartura e de muita alegria.  

Fonte:http://sotaodaines.chrome.pt/Sotao/histor89_L.html

(Lenda anónima irlandesa)

Publicado por gorety às 09:21

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

A lenda do Arlequim

Era uma vez, uma Condessa muito rica, que vivia no seu lindo e grandioso palácio. Todos os anos, a Condessa organizava um grande baile.

Ela convidava todos os rapazes e raparigas da cidade. A condessa só fazia uma exigência aos convidados: tinham que se apresentar mascarados. E durante a festa, era sempre premiado aquele ou aquela que melhor se apresentasse.

Então, em todas as casas de Veneza, as mães esforçavam-se para fazer os melhores fatos para os seus filhos. Só o Arlequim não iria ao baile, porque a sua não tinha dinheiro para lhe fazer um traje.

Os amigos do Arlequim vende-o tão triste resolveram dar o que tinham: os restos de fazenda que sobrara da confecção dos seus fatos. Então, a mãe do Arlequim conseguiu fazer um fato, cortando os bocados de fazenda em losangos.

Assim, o jovem Arlequim pôde entrar no palácio da Condessa com o seu lindo traje. E conta a lenda que foi precisamente o Arlequim quem nesse ano ganhou o prémio por se ter apresentado com o fato mais vistoso e mais original.

E quando a Condessa lhe perguntou como é que tinha arranjado tão lindo traje, ele respondeu que o seu fato tinha sido feito com a bondade dos seus amigos e o coração da sua mãe.

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Festa de Santo Antão no Seixal

A designação de Seixal ou Seisal "ficou a dever-se à abundância de seixos.

A freguesia do Seixal foi criada em 1553, por alvará de D.João II. É uma das mais antigas freguesias do norte da ilha. No terceiro domingo realiza-se a festa de Santo Antão Padroeiro da Freguesia. Neste arraial juntam-se muitos populares das vizinhanças, e além das diversões não faltam os tradicionais "Comes e Bebes".

Santo Antão é o padroeiro de várias ordens e dos Cavaleiros de Santo Antônio e também dos pobres, dos doentes, dos açougueiros e dos animais domésticos. Ele é invocado contra incêndios e pragas. Na arte litúrgica da Igreja.

Publicado por gorety às 11:19

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Santo Amaro

O Varrer dos armários

Para muitos a “Festa” terminou a 6 de Janeiro, mas em alguns lares madeirenses a lapinha e o pinheiro só são desmontados a 15 de Janeiro. É o dia de Santo Amaro, também conhecido, pelo povo, como o dia de “varrer os armários”. Fazem-se as últimas visitas da “Festa” para acabar com o que ainda resta do Natal. No concelho de Santa Cruz, as comemorações duram vários dias, pois coicindem com as Festas da Cidade.

 

Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Dia Mundial do Braille

     Hoje, dia 4 de Janeiro, é o dia Mundial do Braille que pretende chamar a atenção para os problemas dos invisuais.

    O Braille permite a leitura através do tacto. É um alfabeto cujos caracteres são pontinhos em relevo...

    O método de Braille foi inventado por Louis Braille que faleceu em Paris, com 43 anos, em 1852 e que ficou cego aos 3 anos.

Publicado por gorety às 19:04

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Bolo-rei

          Diz a lenda que, quando os Reis Magos foram visitar Jesus com a intenção e lhe oferecerem presentes: ouro, incenso e mirra, a cerca de sete quilómetros do local onde o Menino se encontrava tiveram uma discussão: qual eles seria o primeiro a oferecer os presentes.

            A solução foi-lhes dada por um artífice, que assistindo à conversa, quis ajudar a encontrar para o problema uma saída que agradasse a todos. Ele faria um bolo cuja massa incorporaria uma fava.

            Repartindo pelos Reis Magos, seria o primeiro a oferecer os presentes ao Menino Jesus, aquele em cuja fatia se encontrasse a fava.

            Conhecido pelo nome de Bolo-rei feito para escolher um Rei, aquele doce passou a usar-se sobretudo no Natal.

            Há uma outra lenda que diz ter sido um bolo de fruta seca.

            Os crentes deviam comer doze bolos entre o Natal e o dia de Reis.

            A côdea simboliza – o ouro; o miolo e as frutas secas simbolizam – a mirra; o aroma simboliza – o incenso.

Publicado por gorety às 08:47

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Os Reis Magos

Os Reis Magos foram homens que guiados por uma estrela conseguiram visitar Jesus logo após seu nascimento. Reconhecidos como Baltasar, rei da Arábia de cor negra, Melchior, rei da Pérsia de cor clara e Gaspar, rei da Índia de cor amarela, representam os povos de toda cor e nação.

Traziam consigo presentes a Jesus que tinham um significado especial:

O ouro representava nobreza e era presente oferecido apenas para reis;
O incenso representava a fé e era presente oferecido apenas para sacerdotes;
A mirra representava perfume suave e sacrifício e era presente oferecido a profetas.

Na simbologia, os reis magos também representavam os ricos e poderosos que apesar de suas posses e conquistas se curvaram a Jesus, homem humilde que nasceu de um ventre virgem em uma estrebaria rodeada de animais mostrando que todos nós nascemos para servir o próximo independente de etnia e classe social.

Publicado por gorety às 08:46

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 1 de Janeiro de 2008

Apague o cigarro

Não pude evitar colocar um post sobre a nova lei do tabaco que entra hoje em vigor.

Passa a ser proibido fumar nos cafés, restaurantes e outros ambientes fechados. 

A nova lei anti-tabaco vai proteger a todo o custo os não fumadores. Contra o fumo passivo a nova lei vai reduzir ainda mais os locais onde se pode fumar livremente.

Vamos ter espaços livres de fumo!

Publicado por gorety às 11:51

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

NOITE DE SÃO SILVESTRE

Esta lenda assegura que há muitos, muitos anos existia no oceano Atlântico uma ilha fabulosa, a Atlântida, e nela vivia a civilização mais maravilhosa de sempre. Os seus habitantes, que Platão dizia descenderem dos amores do deus Poseidon com a mortal Clito, tornaram-se tão arrogantes que tiveram um dia a pretensão de conquistar todo o mundo, ousando mesmo o seu rei desafiar os céus. Foi então que ouviu a voz do Deus verdadeiro dizer-lhe que nada poderia contra o poder divino. Mas o teimoso rei voltou a desafiá-lo e decidiu conquistar Atenas, mas,durante a batalha o rei da Atlântida ouviu a voz de Deus dizer-lhe que a vitória seria de Atenas para castigar a sua arrogância e ingratidão. À derrota seguiram-se terríveis tempestades, terramotos e inundações que engoliram a bela Atlântida para todo o sempre.

Passaram-se muitas centenas de anos até que um dia a Virgem Maria se debruçava dos céus sobre o oceano, sentada numa nuvem quando São Silvestre lhe veio falar. Aquela era a última noite do ano e São Silvestre achava que deveria significar algo de diferente para os homens, ou seja, marcar uma fronteira entre o passado e o futuro, dando-lhes a ' possibilidade de se arrependerem dos seus erros e de terem esperança numa vida melhor. Nossa Senhora achou muito boa ideia e então confiou-lhe qual a razão porque estava a observar o mar com uma certa tristeza: lembrava-se da bela Atlântida que tinha sido afundada por Deus por causa dos erros e pecados dos seus habitantes. Enquanto falava, Nossa Senhora deixava cair lágrimas de tristeza e misericórdia porque a humanidade, apesar do castigo, não se tinha emendado. Emocionado, São Silvestre reparou que não eram apenas lágrimas que caíam dos olhos da Senhora, eram também pérolas autênticas que caiam dos Seus olhos. Foi então que uma dessas lágrimas foi cair no local onde a extraordinária Atlântida tinha existido, nascendo a ilha da Madeira que ficou conhecida como a Pérola do Atlântico. Dizem os antigos que durante muito tempo, na noite de S. Silvestre quando batiam as doze badaladas surgia nos céus uma visão de luz e cores fantásticas que deixava nos ares um perfume estonteante. Com o passar dos anos essa visão desapareceu, mas o povo manteve-a nas famosas festas de fim de ano com um maravilhoso fogo de artifício a celebrar a Noite de S. Silvestre.
Fonte:http://www.eslaranjeiras.pt/came/content/portugues/noite.html

Publicado por gorety às 09:35

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 22 de Dezembro de 2007

Solstício do Inverno: o primeiro dia do Inverno, o dia mais pequeno do ano

Hoje é o primeiro dia de Inverno!

SOLSTÍCIO
A altura do ano quando o sol atinge o norte mais distante ou o sul mais distante. A palavra solstício significa “ o sol está quieto”.
Solstício do Verão: O dia do solstício do Verão é o dia mais longo do ano. É o começo do Verão, a 21 ou 22 de Junho.
Solstício do Inverno: O dia do solstício do Inverno é o dia mais pequeno do ano. É o começo do Inverno, a 21 ou 22 de Dezembro.

Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

O Natal

O Natal surge como o aniversário do nascimento de Jesus Cristo, Filho de Deus, sendo actualmente uma das festas católicas mais importantes.

Inicialmente, a Igreja Católica não comemorava o Natal. Foi em meados do século IV d.C. que se começou a festejar o nascimento do Menino Jesus, tendo o Papa Júlio I fixado a data no dia 25 de Dezembro, já que se desconhece a verdadeira data do Seu nascimento.

 

Uma das explicações para a escolha do dia 25 de Dezembro como sendo o dia de Natal prende-se como facto de esta data coincidir com a Saturnália dos romanos e com as festas germânicas e célticas do Solstício de Inverno, sendo todas estas festividades pagãs, a Igreja viu aqui uma oportunidade de cristianizar a data, colocando em segundo plano a sua conotação pagã. Algumas zonas optaram por festejar o acontecimento em 6 de Janeiro, contudo, gradualmente esta data foi sendo associada à chegada dos Reis Magos e não ao nascimento de Jesus Cristo.

Publicado por gorety às 13:59

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Feliz Natal

Publicado por gorety às 21:15

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Dia Mundial de Luta contra a Sida (1 de Dezembro)

A Síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA ou AIDS ) é o conjunto de sintomas e infecções em seres humanos resultantes do dano específico do sistema imunológico ocasionado pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH, ou HIV segundo a terminologia anglo-saxónica). O alvo principal são os linfócitos TCD4 , fundamentais para a coordenação das defesas do organismo. Assim que o número destes linfócitos diminui abaixo de certo nível o colapso do sistema imune é possível, abrindo caminho a doenças oportunistas e tumores que podem matar o doente. Existem tratamentos para a SIDA AIDS e o HIV que diminuem a progressão viral , mas não há nenhuma cura conhecida.

A infecção por HIV é por via sexual, intravenosa ou mãe-filho .

A manifestação da doença por HIV é semelhante a uma gripe ou mononucleose e ocorre 2 a 4 semanas após a infecção. Pode haver febre, mal-estar, linfadenopatia(gânglios linfáticos inchados), eritemas(vermelhidão cutânea), e/ou meningite víral . Estes sintomas são largamente ignorados, ou tratados enquanto gripe, e acabam por desaparecer, sem tratamento, após algumas semanas. Nesta fase há altas concentrações de vírus, e o portador é altamente infeccioso. infecciosa

A segunda fase é a da quase ausência do vírus, que se encontra apenas nos reservatórios dos gânglios linfáticos, infectando gradualmente mais e mais T4s ; e nos macrófagos. Nesta fase, que dura vários anos, o portador é soropositivo, mas não desenvolveu ainda SIDA AIDS . Não há sintomas, e o portador pode transmitir o vírus a outros sem saber. Os níveis de T4 diminuem lentamente e ao mesmo tempo diminui a resposta imunitária contra o vírus HIV, aumentando lentamente o seu número, devido à perda da coordenação dos T4 sobre os eficazes T8 e linfócitos B (linfócitos produtores de anticorpo).

A terceira fase, a da SIDA, inicia-se quando o número de linfócitos T4 desce abaixo do nível crítico (200/ml), o que não é suficiente para haver resposta imunitária eficaz a invasores. Começam a surgir cansaço, tosse, perda de peso, diarréia, inflamação dos gânglios linfáticos e suores noturnos, devidos às doenças oportunistas, como a pneumonia por Pneumocystis jiroveci, os linfomas, infecção dos olhos por citomegalovírus, demência e o sarcoma de Kaposi. Ao fim de alguns meses ou anos advém inevitavelmente a morte.

Excepções a este esquema são raras. Os muito raros "long term non-progressors" são aqueles indivíduos que permanecem com contagens de T4 superiores a 600/ml durante longos períodos. Estes indivíduos talvez tenham uma reação imunitária mais forte e menos susceptível à erosão contínua produzida pelo vírus, mas detalhes ainda são desconhecidos.

Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_da_imuno-defici%C3%AAncia_adquirida

Publicado por gorety às 16:41

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

Declaração Universal dos Direitos dos Animais

1 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

2 - Todos os animais têm direito ao respeito e à protecção do homem.
3 - Nenhum animal deve ser maltratado.
4 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.
5 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

6 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.
7 - Todo acto que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.
8 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra os animais.
9 - Os direitos dos animais devem ser defendidos por lei.
10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais...

Publicado por gorety às 10:40

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 10 de Novembro de 2007

São Martinho – 11 de Novembro (Provérbios)

  • As geadas de São Martinho levam a carne e o vinho.

  • O Verão de S. Martinho, a vareja de S. Simão e a cheia de Santos, são três coisas que nunca faltam nem faltarão.

  • Pelo São Martinho, abatoca o pipinho.

  • Pelo São Martinho, abatoca o teu vinho.

  • Pelo São Martinho, bebe o bom vinho e deixa a água para o moinho.

  • Pelo São Martinho, deixa a água para o moinho.

  • Pelo S. Martinho, deixa a água p'ró vinho.

  • Pelo São Martinho, larga o soitinho.

  • Pelo São Martinho, lume, castanhas e vinho.

  • Pelo S. Martinho, mata o porco, chega-te ao lume, assa castanhas e bebe o teu vinho.  

  • Pelo São Martinho, mata o porquinho, prova o teu vinho e não te esqueças do teu vizinho.

  • Pelo São Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.

  • Pelo São Martinho, mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

  • Pelo São Martinho, nem nado, nem no cabacinho.

  • Pelo São Martinho, prova o teu vinho.

  • Pelo São Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já te não faz dano.

  • Pelo São Martinho, prova o teu vinho, larga o soito e mata o porquinho.

  • Pelo São Martinho semeia o teu cebolinho, que o meu já está nascidinho.

  • Pelo São Martinho, semeia a fava e o linho.

  • Por São Martinho, barra-se o vinho.

  • Por São Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.

  • Por São Martinho, nem favas nem vinho.

  • Por São Martinho, prova o teu vinho.

  • Por São Martinho, semeia fava e linho.

  • Por São Martinho, semeia o teu linho.

  • Por São Martinho, todo o mosto é bom vinho.

  • Queres pasmar o teu vizinho? Lavra e esterca no S. Martinho.

  • Tudo em Novembro guardado: ou em casa ou enterrado.

  • Pelo São Martinho todo o mosto é bom vinho.
    Se o inverno não era caminho, tê-lo-ei pelo São Martinho.
  • Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.

 

http://web.rcts.pt/~pr1085/Prov/Anovembro.htm

 

Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

A estrelícia

A estrelícia é uma flor colorida e de longa duração, que tem o formato que lembra uma ave colorida.

Originária da África do Sul, a Esterlicia, é uma planta que pode chegar a um metro e meio de altura, capaz de produzir de 5 a 8 flores ao mesmo tempo por muda, durante todo o ano, desde que cultivada sob luz solar intensa.

Popularmente, ela é mais conhecida como "ave-do-paraíso", recebendo também outros nomes dependendo da região, mas seu nome botânico é Strelitzia Reginae. Segundo se sabe, o nome 'strelitzia' foi escolhido em homenagem à rainha Charlotte Sophia, duquesa de Mecklenburg Strelitz e esposa do rei George III, da Inglaterra.

O gênero Strelitzia pertence à família das Musáceas e compreende inúmeras espécies, todas originárias da África do Sul.
 

Fotos tiradas no Fanal

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

31 de Outubro e dia 1 de Novembro

Dia de Todos os Santos

Se reparares no calendário da Igreja, cada dia tem o seu santo.
No entanto, há mais santos do que os 365 dias do ano...

Por isso a Igreja Católica escolheu o dia 1 de Novembro para os honrar a todos. Daí ser "Dia de Todos os Santos". Ainda por cima é feriado!

Pão-Por Deus 

     Em Portugal, no dia de Todos os Santos, de manhã bem         cedinho, as crianças saem à rua em pequenos grupos para pedir o "Pão por Deus".

Passeiam assim por toda a povoação e ao fim da manhã voltam com os seus sacos de pano cheios de romãs, maçãs, doces, bolachas, rebuçados, chocolates, castanhas, nozes e, às vezes, até dinheiro!

Depois, almoça-se e vai-se ao cemitério pôr flores nas campas dos familiares já falecidos. Porquê? Por causa do Dia de Finados !

Dia de Finados

 

Em Portugal e noutros países da Europa, o Dia de Finados é celebrado com tristeza, pois recordam-se as pessoas de família e amigos que já morreram.

As pessoas vão aos cemitérios, deixam ramos de flores nas campas e acendem velas para iluminar os falecidos no caminho até ao Paraíso e mandam rezar missas em seu nome.

Halloween

Sabes de onde vem a palavra Halloween? É que Dia de Todos os Santos diz-se em inglês All Hallows Day.
E, como vais descobrir, a noite anterior a este dia é muito importante, por isso Halloween é uma abreviatura de All Hallows Even - "Noite de Todos os Santos"!

Halloween, Dia de Todos os Santos e Dia de Finados (dos Mortos) passaram a fundir-se numa mesma tradição.

 

Fonte:http://www.junior.te.pt/servlets/Bairro?P=Sabias&ID=312

Publicado por gorety às 10:04

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

As abelhas

     As abelhas produtoras de mel são naturalmente insectos benéficos: produzem mel e cera e intervêm na polinização de diversos frutos e vegetais. Embora não sejam insectos agressivos, defendem-se com picadas quando são perturbados próximo da colmeia ou quando são capturados.

     O perigo das abelhas para o homem reside na resposta alérgica às picadas, que pode chegar a ser fatal. A implementação de medidas de controlo destes insectos justifica-se apenas pelos problemas pontuais que podem causar em determinadas situações.

     Assim, na maioria dos casos, o seu controlo só se torna necessário quando as colmeias estão localizadas em locais pouco seguros.

     Preferencialmente, as abelhas constroem as colmeias em árvores ocas ou outras fendas e cavidades como uma capacidade de 20 a 100 litros, tais como as que possam existir nas paredes dos edifícios, no interior ou exterior, ou noutros locais protegidos. Se as condições forem favoráveis estas colónias podem manter-se durante anos. As colónias fracas ou com localizações pouco favoráveis podem morrer, deixando um aglomerado de cera que pode favorecer o estabelecimento de novas colónias e que atrai outros insectos como por exemplo baratas.

     As abelhas produtoras de mel vivem em colónias que se mantêm de um ano para o outro. São insectos com uma organização social altamente desenvolvida. Cada colónia consta de uma rainha que se dedica à postura, alguns machos e numerosas obreiras cuja função na colónia depende da sua idade. Quando se desenvolve uma nova rainha, a existente abandona a colmeia acompanhada de obreiras e procura um local para estabelecer uma nova colónia. Nestas ocasiões é possível visionar enxames de abelhas que não representam qualquer perigo a não ser que sejam profundamente perturbadas, já que não têm alimento ou formas imaturas para proteger.

     Nem todas as abelhas vivem em colmeias organizadas. Nas espécies das chamadas abelhas solitárias, cada fêmea constroi o seu ninho, cuida dos seus ovos e procura e armazena alimentos.

     Fonte:http://www.vetpermutadora.pt/abelhas.htm

Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Noite de Lua Cheia

     Quando se vê a Lua é porque está iluminada pela luz do Sol. Mas às vezes o Sol apenas ilumina uma parte da Lua. O resto fica na sombra dando a impressão de que a Lua não é redonda.

Publicado por gorety às 15:58

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts recentes

. Barbie

. Granizo no Pico do Areeir...

. Frei João Sem Cuidados

. Viriato

. Milagre das Rosas

. Lenda do São Martinho

. D. AFONSO HENRIQUES

. Lusitanos

. A LENDA DO ARCO-ÍRIS

. A lenda do Arlequim

. Festa de Santo Antão no S...

. Santo Amaro

. Dia Mundial do Braille

. Bolo-rei

. Os Reis Magos

. Apague o cigarro

. NOITE DE SÃO SILVESTRE

. Solstício do Inverno: o p...

. O Natal

. Feliz Natal

. Dia Mundial de Luta contr...

. Declaração Universal dos ...

. São Martinho – 11 de Nove...

. A estrelícia

. 31 de Outubro e dia 1 de ...

. As abelhas

. Noite de Lua Cheia

.Arquivos

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.Tags

. todas as tags

.Favoritos

. Lugares de sonho - Madeir...

. São Jorge - Santana

. Paúl da Serra

. Cogumelos

. Dias Frios - Pico Ruivo

. São Vicente

. Queimadas - Santana

. Lagoa do Lugar de Baixo

. Rancho - Santana

. Miradouro da Portela

.Links

.As minhas fotos

blogs SAPO
badge

.Relógio

.Subscrever feeds