Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Ser Professor é...

"Ser Professor é pintar o mundo de todas as cores
É poder fazer sorrir as crianças
É vê-las crescer
É ajudá-las a aprender.
Ser Professor é profissão de amor
E deixar em cada criança
A lembrança de um mundo melhor.
Ser Professor é ser poeta
É ser pintor,
É ser palhaço,
É ser actor.
Ser Professor é ser criança
É ser adulto
É ter esperança."

Não sei quem é o autor mas é muito bonito!

Publicado por gorety às 21:14

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

Menino da Minha Escola

A boina descolorida,

Os pés descalços, quase nu,

A camisa a desfiar-se

E as calças rotas no cú.

 

Leva dentro da sacola

Uma lousa, dois ponteiros

E três livros já marcados

Do fumo dos candeeiros.

 

Dois cadernos, um tinteiro,

A atiradeira da caça,

Mais uma bola de trapos,

Um pião, uma baraça.

 

Seis azeitonas curtidas,

Uma sardinha salgada,

Um pedaço de pão duro,

É o lanche - sem mais nada!

 

Em direcção à casita,

Findas as aulas do dia,

Voa fogoso, ladino,

Em tremenda correria.

 

No curral está o rebanho

Que ele irá apascentar,

As lições são adiadas

Pr'à noite quando voltar.

 

Depois das lições estudadas,

Deita-se na sua cama,

Sonhando com coisas lindas

Desperta com os pés na lama.

 

Menino da minha aldeia,

Menino da Beira Serra,

Tu tens gravada nos olhos

A alma da minha terra!

 

Autor: RUI TORRES DE ALMEIDA

 

Tags:
Publicado por gorety às 13:44

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Um belo poema escrito por um amigo sobre as crianças com limitações

 

          Sou uma criança especial.

Sei que não consigo realizar tudo

que meus amiguinhos realizam.

Mas não gostaria de ser tratado

como uma criança diferente.

Minhas limitações não me impedem

de ser feliz, de sorrir e de amar.

Gostaria que as pessoas não vissem

minhas limitações.

Gostaria de ser tratado como

uma criança normal.

Gosto de brincar, estudar e ser feliz.

De ser tratado como meus amiguinhos.

Eles não vêem minhas diferenças...

Não me isole, trate-me como se não

tivesse limitações.

Assim eu não me importarei com elas.

Assim serei feliz

 

roberto.santos. misterio

 

Tags:
Publicado por gorety às 15:50

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Ser Poeta

Ser Poeta

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

                                   Florbela Espanca
Tags:
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Para reflectir

img_title

Tags: ,
Publicado por gorety às 21:46

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 8 de Setembro de 2007

Mãe

Mãe, hoje eu é que te ponho no colo,
Eu é que te consolo e te cubro de beijos,
E faço todos os teus desejos.
Mãe, você é meu ponto de equilíbrio,
A responsável por meu brilho
A que me pôs no trilho
A mãe querida que eu amo.
Mãe, eu te amo tanto!
Enxuga esse teu pranto,
Hoje eu é que choro, mãe!
Mãe, meu melhor presente!
Olha-me docemente
Com o seu olhar de mãe.
Mãe querida...
O começo da minha vida
Minha rosa preferida
Meu porto seguro,
O presente do meu futuro
O amor mais belo e profundo

Você é a melhor mãe do mundo

Daniel Fiuza

Tags:
Publicado por gorety às 17:22

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Amor é fogo

"Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder."


De: Luís de Camões

Sinto-me:
Tags:
Publicado por gorety às 13:44

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

Regras para ser Feliz

Rir: é a música da alma.

Ler
: é a base da sabedoria.

Pensar:
é a fonte do poder.

Sonhar: é o meio de ligar a uma estrela

o carro em que viaja na Terra.

Ser amigo:
é o caminho da felicidade.

Divertir-se
: é o segredo da juventude eterna.

Trabalhar
: é o preço do êxito.

Amar e ser amado
: é um presente de Deus.

Ser útil aos outros: esta vida é demasiadamente
curta para sermos egoístas.

Não deixar que a saudade de ontem nem a preocupação do amanhã perturbem o seu hoje.

(Desconheço o Autor)

Tags: ,
Publicado por gorety às 16:38

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Para os alunos

Se quiseres ser um verdadeiro estudante

Aprender o ABC não basta, mas aprende-o.
Procura na escola o que desejas para a tua vida,
Pois ela te recolherá, orientará e dirigirá.
Respeita para ser respeitado.
Valoriza para ser valorizado.
Espalha amor para seres amado.


Extato de um poema muito belo de Marina da Silva

Publicado por gorety às 10:49

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

Professor...

SER PROFESSOR


Ser professor é ser artista

malabarista,

pintor, escultor, doutor,

musicólogo, psicólogo...


É ser mãe, pai, irmã, avó,

é ser palhaço, bagaço...

É ser ciência e paciência...

É ser informação.


É ser acção,é ser bússola, é ser farol.

É ser luz, é ser sol.

Incompreendido? ...Muito.

Defendido? Nunca.


O seu filho passou?...

Claro, é um génio.

Não passou?

O professor não ensinou.


Ser professor

é um vício ou vocação?

É outra coisa...

É ter nas mãos o mundo de amanhã.


Amanhã.

Os alunos vão-se...

E ele, o mestre, de mãos vazias,

fica com o coração partido.


Recebe novas turmas,

novos olhinhos ávidos de cultura

e ele, o professor, vai despejando

com toda a ternura, o saber, a orientação

nas cabecinhas novas que amanhã

luzirão no firmamento da pátria


Fica a saudade

A amizade.

O pagamento real?

Só na eternidade.

Desconheço o autor!

Muito bonito...

Tags:
Publicado por gorety às 15:26

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

Os teus olhinhos

Nos teus belos olhos encontro

Tudo aquilo que um dia perdi

E o sentido da minha vida

Depende agora apenas de ti

 

Para o meu amor: Leo

Tags:
Publicado por gorety às 18:32

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Mãe querida

Mãe querida

Ainda sinto, doendo,

uma saudade umbilical,
Como dói essa saudade final.
Sinto as feridas abertas,
Longe da cicatrização,
Lembranças correm nas veias,
Ainda sangra o coração.
O passado vem à tona,
O colo, a tua mão,
A canção de mimar,
A tua protecção nas noites de medo,
Tua eterna atenção.
Dói, dói muito o peso da ausência.
Definitiva...
Fico com essa saudade cativa,
Lembranças marejando os olhos,
Um sofrimento escondido.
Esse sentimento de falta,
A privação da tua presença,
Faz-me impotente, deixa-me infeliz,
Dita-me uma sentença, arranca a raiz.
Quero guardar a tua imagem,
De rainha, heroína, mãe com devoção,
Vou esculpir no meu peito,
O elo que foi desfeito,
Dentro do meu coração.

Autor: Daniel Fiuza
24/09/2000

Um belo poema que me toca muito profundamente!

Tags:
Publicado por gorety às 17:18

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Mar salgado

MAR SALGADO

"Ó mar salgado, 

quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal
Por te cruzarmos, 

quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar.

Valeu a pena? Tudo vale a pena
se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu."

 

Fernando Pessoa

Tags:
Publicado por gorety às 16:27

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

Saudades - Florbela Espanca

Saudades

Florbela Espanca

Saudades! Sim... talvez... e porque não?...
Se o nosso sonho foi tão alto e forte
Que bem pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!

Esquecer! Para quê?... Ah! como é vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como pão!

Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!

E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar
Mais a saudade andasse presa a mim!

Tags:
Publicado por gorety às 12:55

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts recentes

. Ser Professor é...

. Menino da Minha Escola

. Um belo poema escrito por...

. Ser Poeta

. Para reflectir

. Mãe

. Amor é fogo

. Regras para ser Feliz

. Para os alunos

. Professor...

. Os teus olhinhos

. Mãe querida

. Mar salgado

. Saudades - Florbela Espan...

.Arquivos

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.Tags

. todas as tags

.Favoritos

. Lugares de sonho - Madeir...

. São Jorge - Santana

. Paúl da Serra

. Cogumelos

. Dias Frios - Pico Ruivo

. São Vicente

. Queimadas - Santana

. Lagoa do Lugar de Baixo

. Rancho - Santana

. Miradouro da Portela

.Links

.As minhas fotos

blogs SAPO
badge

.Relógio

.Subscrever feeds